Super Hiper Mega Banner

Confira os vencedores do 4º Cine Jardim

Confira a seguir a relação dos vencedores do 4º Cine Jardim – Festival Latino-Americano de Cinema de Belo Jardim, em Pernambuco.

PREMIAÇÃO CURTA-METRAGEM

MELHOR CONCEPÇÃO DE SOM
Filme-Catástrofe, de Gustavo Vinagre

Flecha Dourada
MELHOR MONTAGEM
Flecha Dourada, de Cintia Bittar

MELHOR IMAGEM
El niño y la noche, de Claudia Ruiz

MELHOR ATUAÇÃO
Roberta Coppola, pela atuação no filme Vaca Profana

MELHOR DIREÇÃO
Nathália Tereza pela direção do filme De tanto olhar o céu gastei meus olhos.

PRÊMIO ESPECIAL DO JÚRI
Por revelar um país periférico e de resistência, por meio de uma mulher forte e inspiradora, em um retrato esperançoso e síntese da linha curatorial que pretendeu abrir as veias da América Latina, o prêmio vai para Real Conquista, de Fabiana Assis.

MELHOR CURTA-METRAGEM
Tentei, de Lais Melo

PREMIAÇÃO LONGA-METRAGEM

MELHOR TRILHA SONORA
Para Chico Pedro, Grupo La Revuelta, Martín Mirol e Orquestra Típica de Guapos, e Atahualpa Yupanqui, autores da trilha sonora do filme KINOPOÉTICAS INARMÔNICAS.

MELHOR CONCEPÇÃO DE SOM
Para Marcos Salazar e Marcelo Tupo, editores do som do filme KINOPOÉTICAS INARMÔNICAS.

Tentei
MELHOR MONTAGEM
Para Pedro Dantas, montador do filme KINOPOÉTICAS INARMÔNICAS.

MELHOR IMAGEM
Para FERNANDO LOCKETT, fotógrafo, e RENATA PINHEIRO, diretora de arte, pelo filme AÇÚCAR, de Renata Pinheiro.

MELHOR ATUAÇÃO
Pela força inimaginável, pela lealdade e amor ao outro e ao lugar onde se vive, o prêmio de melhor atuação vai para os militantes presos e torturados políticos da Ditadura Militar no Brasil, personagens do filme A NOITE ESCURA DA ALMA, que entregaram suas mentes e corpos na luta engajada pela liberdade.

MELHOR DIREÇÃO
Pela coragem da pesquisa e do confronto direto com temas extremamente cruéis e relevantes enraizados na história do nosso país - a tortura e a ditadura militar -, permitindo que estes se mantenham vivos, por meio do cinema, a ensinar às novas gerações que não devem jamais repeti-los, o prêmio de melhor direção vai para HENRIQUE DANTAS, de A NOITE ESCURA DA ALMA.

A Noite Escura da Alma
PRÊMIO ESPECIAL DO JÚRI
Pelo olhar poético lançado aos povos e ao território da América Latina, assim como à sua integração, por meio de uma narrativa experimental conduzida por sonoridades ameríndias, o Prêmio Especial do Júri vai para o filme KINOPOÉTICAS INARMÔNICAS, de Pedro Dantas.

MELHOR LONGA METRAGEM
Por conseguir fazer cinema com tão pouco, por escutar e dar a ver vidas e situações precárias e reveladoras de um cotidiano de semi-escravidão de trabalhadores que ainda perdura em pleno século 21 no Brasil, o prêmio de melhor longa-metragem vai para o filme MODO DE PRODUÇÃO, de Dea Ferraz.

PRÊMIO CLETO MERGULHÃO
O PRIMEIRO LUGAR RECEBERÁ TRÊS MIL REAIS, MAIS TROFÉU CINE JARDIM E, AINDA, O PRÊMIO MISTIKA POST, NO VALOR DE QUATRO MIL REAIS, EM SERVIÇOS DE PÓS-PRODUÇÃO. O FILME VENCEDOR É POR AMOR A ARTE, DE HELENO FLORENTINO.

O SEGUNDO LUGAR RECEBERÁ DOIS MIL REAIS, MAIS TROFÉU CINE JARDIM. O FILME VENCEDOR É VENTRE MORTO, DE DAVID HENRIQUE.

O TERCEIRO LUGAR RECEBERÁ HUM MIL REAIS, MAIS TROFÉU CINE JARDIM. O FILME VENCEDOR É JESUS TAMBÉM FOI MENINO, DE EDVALDO SANTOS E JÔ ALBUQUERQUE.

Edney
OUTROS PRÊMIOS
MELHOR CURTA-METRAGEM PELO VOTO POPULAR EDNEY, DE JOÃO CINTRA

MELHOR LONGA-METRAGEM PELO VOTO POPULAR A NOITE ESCURA DA ALMA, DE HENRIQUE DANTAS

O MELHOR CURTA-METRAGEM ESCOLHIDO PELO JÚRI JOVEM VACA PROFANA, DE RENÉ GUERRA.

PRÊMIO ELO COMPANY Tentei, de Lais Melo

Nenhum comentário

Todos os comentários do Cine61 são moderados por nossa equipe. Mensagens ofensivas não serão aprovadas. Obrigado pela visita!

Tecnologia do Blogger.