Super Hiper Mega Banner

Conheça os trabalhos do diretor Rafael Primot

Cineasta, roteirista, dramaturgo e ator. Formou‐se em Cinema na FAAP (SP) e pós-graduação em Psicologia aplicada a escrita na PUC. Estudou dramaturgia com Antunes Filho na primeira turma de Novos Dramaturgos do CPT (Centro de Pesquisa Teatral), atuando, dirigindo e escrevendo cenas da Jornada Pret‐a‐Porter, no Sesc Consolação. Participou também do processo de encenação do livro Os Sertões, de Euclides da Cunha, direção de Zé Celso Martinez Correa (A Terra e O Homem). 


Dirigiu e roteirizou diversas obras audiovisuais dos mais variados gêneros e formatos. Entre elas, destacam-se: Todo Clichê de Amor (longa-metragem), com Maria Luisa Mendonça, Débora Falabella, Marjorie Estiano, entre outros – inédito, Gata Velha Ainda Mia (longa-metragem), com Regina Duarte, Bárbara Paz e Gilda Nomacce. O filme foi exibido em Londres, Nova York, Montevidéu, Buenos Aires e Miami, além de ter permanecido cinco semanas em cartaz na cidade de São Paulo; Doce Amargo, com Débora Falabella, foi exibido no Festival de Paulínia (prêmio melhor atriz) e do Rio, no Canal Brasil e no Sesc TV; Manual Para Atropelar Cachorro, curta-metragem vencedor de mais de 35 prêmios nacionais e internacionais, incluindo o de Melhor Curta de Ficção do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro. 

Todo Clichê do Amor
O filme também foi exibido no Canal Brasil e Universal; Produto Descartável, curta-metragem vencedor de 03 Kikitos – melhor roteiro, direção e atriz; Artifícios, curta-metragem exibido na abertura oficial do Festival de Cinema de Brasília e eleito um dos 10 melhores filmes do Festival de Curta-Metragens de São Paulo. Para o Canal Brasil, roteirizou e dirigiu o programas CURTA SP e Curta na Estrada. No teatro, é autor de 08 espetáculos teatrais e vencedor do Prêmio Shell de Teatro (melhor autor).

Nenhum comentário

Todos os comentários do Cine61 são moderados por nossa equipe. Mensagens ofensivas não serão aprovadas. Obrigado pela visita!

Tecnologia do Blogger.