Super Hiper Mega Banner

Remake de Perdidos no Espaço aprofunda relações humanas

Perdidos no Espaço (2018) é uma série de ficção científica e aventura com o selo Original Netflix. Remake homônimo da produção dos anos 60, ambas produzidas por Irwin Allen, a refilmagem impressiona pelo aspecto estético, mas perde o brilho ao não acrescentar nada ao gênero.


Acompanhamos a família Robinson em suas aventuras para encontrar um novo planeta habitável – uma vez que a Terra já se encontra perto dos seus limites. Tudo parece promissor nessa aventura idílica em busca pelo novo Eden até a nave ser atacada no percurso, o que obriga os viajantes a mudar de curso.


Mesmo sendo uma aventura espacial, a maior parte da trama se passa em um planeta muito similar ao ambiente terrestre. Enquanto isso facilita na criação dos ambientes – pouco originais –, quebra um pouco da fantasia espacial, uma vez que não há nada de surpreendente na nova biodiversidade.


O seriado se renova aplicando maior profundidade aos personagens – tendência vista em vários seriados atuais. Ao contrário da família modelo americana, reflexo propagandista do período da Guerra Fria, os Robinson agora são gente como a gente: sofrem, dão um jeitinho em favor dos amigos e cometem erros. No entanto, a profundidade dos personagens é aplastada por capítulos lentos e pouca adversidade. Para piorar, o “vilão” é completamente plano e cartunesco. Embora a série remeta a uma discussão sobre a raça humana – a maldade inerente e o predatismo interplanetário – nenhum argumento parece realmente funcionar nesse remake do clássico dos anos 60.
Cotação do Cine61: Cine61Cine61Cine61

*Por Túlio Villafañe - contato@cine61.com.br

Veja aqui o trailer do filme Perdidos no Espaço:



Lost in Space (EUA, 2018) Com Molly Parker, Toby Stephens, Maxwell Jenkins, Taylor Russell, Mina Sundwall, Ignacio Serricchio, Parker Posey, Brian Steele, Raza Jaffrey, Ajay Friese...

Nenhum comentário

Todos os comentários do Cine61 são moderados por nossa equipe. Mensagens ofensivas não serão aprovadas. Obrigado pela visita!

Tecnologia do Blogger.