Super Hiper Mega Banner

Seleção divertidíssima na mostra Monstros no Cinema

A mostra Monstros no Cinema faz um apanhado dos filmes de monstros que tanto aterrorizam ou encantam o público no mundo inteiro. A retrospectiva reúne os principais títulos já produzidos, entre vários estilos, períodos e nacionalidades, incluindo filmes realizados no Brasil. A mostra, que também irá acontecer no Rio de Janeiro e São Paulo, desembarca em no Centro Cultural Banco do Brasil em Brasília de 12 de julho a 07 de agosto.

O Vingador Tóxico - maravilhoso clássico do cinema trash
Monstros no Cinema será uma viagem pelo tempo para mostrar como a indústria cinematográfica criou e ainda hoje consegue manter um subgênero tão rentável. Desde o começo, na Alemanha, com Golem, passando pelos monstros clássicos dos estúdios Universal (Drácula, Frankenstein, A Múmia, O Lobisomem), chegando no período da Guerra Fria e da ameaça nuclear de Godzilla, incluindo os seres de outros planetas (Alien - O 8º Passageiro) e aqueles frutos dos nossos pesadelos (A Hora do Pesadelo) ou de experiências mal-sucedidas (A Mosca). O Brasil estará representado com A Meia Noite Levarei Sua Alma, do mestre José Mojica Marins, e Mar Negro, de Rodrigo Aragão, que revolucionou o gênero do horror brasileiro com suas produções. As crianças, quase sempre vítimas dessas criaturas soturnas, poderão ir sem medo conferir Monstros S.A. e A Festa do Monstro Maluco. E a força desse subgênero se faz presente quando a própria indústria cinematografia a reverencia em obras como Deuses e & Monstros, O Jovem Frankestein e o recente sucesso A Forma da Água.

Drácula de Bram Stoker
"Os monstros fazem parte do nosso imaginário desde a mais tenra infância. Sejam os monstros que se escondem debaixo de nossas camas, dentro do guarda-roupa ou aqueles que adentram os nossos quartos a noite com a simples missão de nos amedrontar. Seres sombrios, assustadores, disformes, os monstros nos acompanham durante toda a nossa vida. O cinema desde os seus primórdios usou a figura do monstro não só para contar narrativas de terror, mas também para usá-los como metáforas da sociedade. A mostra Monstros no Cinema reunirá vários desses seres que encontraram na sétima arte um espaço para serem conhecidos, refletir sobre a sociedade e principalmente, horrorizar a todos nós", explica o curador da mostra Breno Lira Gomes.

A Forma da Água
Serão 39 filmes, divididos em 60 sessões. Sendo que três delas (Gremilins, A Forma da Água e Drácula de Bram Stocker) terão uma sessão com recursos de acessibilidade. A programação conta ainda com debates. Além disso, a mostra terá duas sessões BB Azul de Cinema no dia 22 de julho (domingo) às 10h30 e às 14h30, com o filme de animação Monstros S.A.. BB Azul de Cinema é uma sessão especial (não exclusiva) para famílias com pessoas com Autismo. Nela, o som é mais baixo, as luzes ficam ligadas a "meia luz" e as crianças têm liberdade para sair e entrar na sala no meio do filme, sob supervisão dos pais ou responsáveis. Como a sala não pode ficar lotada, serão distribuídas até 50 senhas, a partir de uma hora antes da sessão.

Nenhum comentário

Todos os comentários do Cine61 são moderados por nossa equipe. Mensagens ofensivas não serão aprovadas. Obrigado pela visita!

Tecnologia do Blogger.