Super Hiper Mega Banner

Uma Viagem Inesperada será exibido na Mostra de São Paulo

Rodada entre Rio de Janeiro, Buenos Aires e Bolívar, a coprodução entre Brasil e Argentina Uma Viagem Inesperada, de Juan José Jusid, será exibido na Mostra Internacional de Cinema de São Paulo. Protagonizada por Pablo Rago e com participação especial de Débora Nascimento, a trama analisa uma família particular, mas que é o reflexo da realidade de muitas famílias de qualquer parte do mundo.

Fotos: Ana Rovati
Dentro dessa história está Pablo (Pablo Rago), de O Segredo dos Seus Olhos e A História Oficial, um engenheiro argentino que trabalha em uma empresa de petróleo no Rio de Janeiro e é responsável pela construção de uma nova plataforma petroleira, trabalho que o afasta da convivência familiar. Devido aos problemas com seu filho na Argentina, ele precisa voltar para o seu país natal e seguir uma viagem de reencontro com o garoto. Essa viagem, que dá título ao longa-metragem, termina no Brasil. Em meio ao aumento das relações disfuncionais, das relações líquidas e passageiras, o longa buscará explorar o que acontece quando um adolescente ultrapassa os limites, provocando um choque em seu entorno e uma inevitável indisposição com seus pais.


Deixando de lado julgamentos superficiais, o filme visa simplesmente resgatar, de alguma forma, esses vínculos familiares, precisamente a partir de suas fragilidades aparentes. Juan José Jusid é um dos diretores de maior êxito comercial na Argentina, pois representa um “selo de qualidade” com reconhecimento internacional. Assim como em outros filmes realizados pelo diretor, como Bajo Bandera, Asesinato en el Senado de la Nación e Apaixonados, a gestão da emoção é um forte componente da história de Uma Viagem Inesperada

Débora Nascimento está no elenco
No papel de Lucy, namorada de Pablo, a atriz Débora Nascimento ressalta o prazer de participar do longa. “Rodar o filme foi uma experiência incrível e muito enriquecedora. Apesar de sermos países tão próximos, Brasil e Argentina têm modos muito diferentes de trabalhar o seu cinema; e o mais legal foi ver que apesar de falarmos idiomas diferentes, a arte consegue quebrar essa barreira e imprimir nossa entrega nas telas. ‘Viaje’ me proporcionou aprender muito. Nas preparações, o diretor Juan Jose Jusid trabalhou muito em cima da nossa espontaneidade e dos nossos sentimentos, não tivemos um laboratório, foi tudo muito instintivo e real, e o Pablo (Rago) foi muito generoso dividindo tudo isso comigo. Além disso, eu pude praticar todo o meu bom ‘portunhol’ (risos), e talvez o melhor de tudo foi poder representar o nosso Brasil e toda nossa brasilidade de uma forma super respeitosa e real”, comemorou. Débora ganhou fama na Argentina depois que a novela Avenida Brasil fez muito sucesso na terra dos hermanos.

Nenhum comentário

Todos os comentários do Cine61 são moderados por nossa equipe. Mensagens ofensivas não serão aprovadas. Obrigado pela visita!

Tecnologia do Blogger.